Home Recursos Humanos Notícias EMPREGOS NO PIAUI - AVALIAÇÕES JULHO 2013

EMPREGOS NO PIAUI - AVALIAÇÕES JULHO 2013

29 de Agosto de 2013 às 16:24

Geração de empregos no Piauí fica estável em julho; país tem queda

No período de coleta e análise de dados foram 976 novos empregos com carteira assinada. evolução foi de 0,3%.

 
A geração de novos empregos através da Consolidação de Leis Trabalhistas (CLT) no Piauí ficou estável no mês de julho de 2013. O resultado é comemorado visto que todo o restante do país registrou queda quando comparado o mês de coleta de dados com o período anterior.
 
 
O saldo líquido da geração de empregos no mês de julho foi o pior resultado do Brasil nos últimos dez anos. A informação é do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), realizado e divulgado pelo Ministério do Trabalho e Emprego (MTE).
 
No período de coleta e análise de dados foram criados 976 novos empregos com carteira assinada. Isso representa um crescimento de 0,36% em relação a igual período do ano passado.
 
De janeiro a julho deste ano, já foram criados 7.561 empregos no Piauí. Nos últimos 12 meses são 8.973 empregos formais criados. Os números traduzem crescimento de 3,35% em relação ao mesmo período do ano passado.
 
Os setores de serviços (0,72%), agropecuária (0,45%) e indústria de transformação e construção civil (0,25%) apresentaram crescimento. Os piores desempenhos ficaram com os setores de extrativa mineral (-0,70%) e serviço industrial de utilidade pública (-0,39%).
 
Na região Nordeste os estados do Maranhão, Ceará e Rio Grande do Norte também apresentaram crescimento, mas abaixo do índice do Piauí. Os estados com a mais quantidade de fechamento de postos foram Rio Grande do Sul (-3,6 mil), Pernambuco (-2,9 mil) e Espírito Santo (-1,9 mil).
 
por Lívio Galeno

 

Contracta 2017 © Todos os direitos reservados

Desenvolvido por

Av. Universitária, 496 - Fátima - 64049-494 - (86) 3223-5651 / 3233-0000 - Teresina - PI